Notícias

Tempo segue sem mudanças

30/11/22 03:13 - Quarta-feira

As condições do tempo prosseguem sem alterações na Capital. A rede de estações meteorológicas do CGE da Prefeitura de São Paulo indica a média de 18ºC. Imagens do radar meteorológico não apontam áreas de instabilidade. Segundo a equipe de meteorologia do Centro, esse panorama persiste até o amanhecer.

TENDÊNCIA PARA OS PRÓXIMOS DIAS:

As simulações atmosféricas mais recentes seguem indicando a atuação do sistema de baixa pressão atmosférica sobre o Sudeste com seu centro mais atuante sobre o estado de São Paulo. Nessas condições, são esperados volumes expressivos de precipitação sobre a Capital e cidades da RMSP, bem como na faixa litorânea do estado paulista. Indicam também quer as chuvas se prolongam para a primeira semana de dezembro com elevação gradual das temperaturas.

Na quarta-feira (30), chuviscos ocasionais na madrugada, principalmente nos bairros mais extremos da Zona Sul e termômetros em média na casa dos 17°C. Sol e variação de nuvens no período da manhã, com o retorno das pancadas de chuva entre o meio da tarde e o início da noite, com elevado potencial para a formação de alagamentos intransitáveis, transbordamentos de rio e córregos e escorregamentos de encostas em áreas de risco, por conta das chuvas registradas nos últimos dias. Temperatura máxima prevista de 26°C e percentuais mínimos de umidade do ar acima dos 50%.

Na quinta-feira (01) o cenário atmosférico segue indicando condições de tempo instável no decorrer do primeiro dia de dezembro. A madrugada deve registrar termômetros na faixa dos 18°C e sol entre nuvens no período da manhã. A chuva mais forte retorna a partir da tarde e se mantém até o início da noite, diminuindo de intensidade. A possibilidade de alagamentos, transbordamentos e deslizamentos de terra em áreas de risco segue bastante elevada em função da continuidade das precipitações.


Madrugada inicia sem chuva em SP

30/11/22 00:13 - Quarta-feira

A madrugada começa com céu encoberto e sem ocorrência de chuva. A rede de estações meteorológicas do CGE da Prefeitura de São Paulo registra a média de 18ºC. Imagens do radar meteorológico não apontam áreas de instabilidade em toda a faixa leste do estado. Não há previsão de chuva.

TENDÊNCIA PARA OS PRÓXIMOS DIAS:

As simulações atmosféricas mais recentes seguem indicando a atuação do sistema de baixa pressão atmosférica sobre o Sudeste com seu centro mais atuante sobre o estado de São Paulo. Nessas condições, são esperados volumes expressivos de precipitação sobre a Capital e cidades da RMSP, bem como na faixa litorânea do estado paulista. Indicam também quer as chuvas se prolongam para a primeira semana de dezembro com elevação gradual das temperaturas.

Na quarta-feira (30), chuviscos ocasionais na madrugada, principalmente nos bairros mais extremos da Zona Sul e termômetros em média na casa dos 17°C. Sol e variação de nuvens no período da manhã, com o retorno das pancadas de chuva entre o meio da tarde e o início da noite, com elevado potencial para a formação de alagamentos intransitáveis, transbordamentos de rio e córregos e escorregamentos de encostas em áreas de risco, por conta das chuvas registradas nos últimos dias. Temperatura máxima prevista de 26°C e percentuais mínimos de umidade do ar acima dos 50%.

Na quinta-feira (01) o cenário atmosférico segue indicando condições de tempo instável no decorrer do primeiro dia de dezembro. A madrugada deve registrar termômetros na faixa dos 18°C e sol entre nuvens no período da manhã. A chuva mais forte retorna a partir da tarde e se mantém até o início da noite, diminuindo de intensidade. A possibilidade de alagamentos, transbordamentos e deslizamentos de terra em áreas de risco segue bastante elevada em função da continuidade das precipitações.


Noite segue com tempo instável na capital

29/11/22 21:01 - Terça-feira

Noite segue com tempo instável e temperaturas amenas na capital. No momentos os termômetros das estações meteorológicas automáticas do CGE da Prefeitura de São Paulo marcam temperatura média de 18,5°C na cidade. 

No momento não chove de forma significativa na cidade. O radar meteorológico não indica área de instabilidade atuando na RMSP. A brisa marítima ainda atuante deve direcionar a área de instabilidade na região de Campinas para oeste da RMSP. As chuvas mais fortes atuam na região do Vale do Paraiba. Nas próximas horas o tempo permanece instável mas sem previsão de chuvas significativas na capital.

O volume médio da chuva de hoje na Cidade até as 19h00 foi de 12,6mm que equivale a aproximadamente 9,3% dos 134,9mm de média esperada para o mês. O volume acumulado até o momento no mês de novembro de 2022 na cidade é de 144,1mm que corresponde a aproximadamente 106,8% da média esperada para o mês.

TENDÊNCIA PARA OS PRÓXIMOS DIAS:

As simulações atmosféricas mais recentes seguem indicando a atuação do sistema de baixa pressão atmosférica sobre o Sudeste com seu centro mais atuante sobre o estado de São Paulo. Nessas condições, são esperados volumes expressivos de precipitação sobre a Capital e cidades da RMSP, bem como na faixa litorânea do estado paulista. Indicam também quer as chuvas se prolongam para a primeira semana de dezembro com elevação gradual das temperaturas.

Na quarta-feira (30), chuviscos ocasionais na madruga, principalmente nos bairros mais extremos da Zona Sul e termômetros em média na casa dos 17°C. Sol e variação de nuvens no período da manhã, com o retorno das pancadas de chuva entre o meio da tarde e o início da noite, com elevado potencial para a formação de alagamentos intransitáveis, transbordamentos de rio e córregos e escorregamentos de encostas em áreas de risco, por conta das chuvas registradas nos últimos dias. Temperatura máxima prevista de 26°C e percentuais mínimos de umidade do ar acima dos 50%.

Na quinta-feira (01) o cenário atmosférico segue indicando condições de tempo instável no decorrer do primeiro dia de dezembro. A madrugada deve registrar termômetros na faixa dos 18°C e sol entre nuvens no período da manhã. A chuva mais forte retorna a partir da tarde e se mantém até o início da noite, diminuindo de intensidade. A possibilidade de alagamentos, transbordamentos e deslizamentos de terra em áreas de risco segue bastante elevada em função da continuidade das precipitações.


Noite de terça-feira (29) começa com céu nublado e chuviscos na cidade

29/11/22 18:02 - Terça-feira

Noite de terça-feira (29) começa com céu nublado e temperaturas em declínio na cidade. Conforme as estações meteorológicas automáticas do CGE da Prefeitura de São Paulo, os termômetros marcam 18,9°C em média. A mínima pode chegar aos 18°C na madrugada. A umidade relativa do ar oscila em torno dos 90%.


Imagens do radar meteorológico do CGE da Prefeitura de São Paulo indicam apenas chuva fraca e chuvisco principalmente nas Zonas Leste, Norte, Sudeste e no Centro. As próximas horas seguem sem previsão de chuvas significativa na cidade.


TENDÊNCIA PARA OS PRÓXIMOS DIAS:


As simulações atmosféricas mais recentes seguem indicando a atuação do sistema de baixa pressão atmosférica sobre o Sudeste com seu centro mais atuante sobre o estado de São Paulo. Nessas condições, são esperados volumes expressivos de precipitação sobre a Capital e cidades da RMSP, bem como na faixa litorânea do estado paulista. Indicam também quer as chuvas se prolongam para a primeira semana de dezembro com elevação gradual das temperaturas.


Na quarta-feira (30), chuviscos ocasionais na madruga, principalmente nos bairros mais extremos da Zona Sul e termômetros em média na casa dos 17°C. Sol e variação de nuvens no período da manhã, com o retorno das pancadas de chuva entre o meio da tarde e o início da noite, com elevado potencial para a formação de alagamentos intransitáveis, transbordamentos de rio e córregos e escorregamentos de encostas em áreas de risco, por conta das chuvas registradas nos últimos dias. Temperatura máxima prevista de 26°C e percentuais mínimos de umidade do ar acima dos 50%.


Na quinta-feira (01) o cenário atmosférico segue indicando condições de tempo instável no decorrer do primeiro dia de dezembro. A madrugada deve registrar termômetros na faixa dos 18°C e sol entre nuvens no período da manhã. A chuva mais forte retorna a partir da tarde e se mantém até o início da noite, diminuindo de intensidade. A possibilidade de alagamentos, transbordamentos e deslizamentos de terra em áreas de risco segue bastante elevada em função da continuidade das precipitações.



Término do estado de atenção para alagamentos, às 15h30

29/11/22 15:35 - Terça-feira

Término do estado de atenção para alagamentos:


Zona Leste, das 13h26 às 15h30

Zona Norte, das 13h26 às 15h30

Zona Oeste, das 13h26 às 15h30

Zona Sudeste, das 13h26 às 15h30

Zona Sul, das 13h26 às 15h30

Centro, das 13h26 às 15h30

Marginal Tietê, das 13h26 às 15h30

Marginal Pinheiros, das 13h26 às 15h30


Área de instabilidade vindas do interior, que atuaram com forte intensidade na capital paulista perderam força. Imagens do radar meteorológico do CGE da Prefeitura de São Paulo mostram chuva leve nas Zonas Oeste, Norte, Sul, Sudeste e no Centro. Na Zona Leste não chove. Já nos municípios de Itapevi, Santana do Parnaíba e Araçariguama a chuva é forte e não tem deslocamento para a capital paulista.


Segundo previsão dos meteorologistas do CGE da Prefeitura de São Paulo, as próximas horas seguem sem condição para temporais. São esperadas apenas chuvas fracas e leves na cidade.


MAIORES ÍNDICES REGISTRADOS PELA REDE TELEMÉTRICA DO ALTO-TIETÊ, ATÉ ÀS 15H30


Córrego Jaguaré - Rua Jorge Ward - 54,4mm

CTH-USP / São Paulo - 53,0mm

Rio Pinheiros - Ponte Cid. Universitária  - 48,0mm

Córrego Oratório - Vila Prudente - 33,8mm

Córrego Itaim - Rua Joaquim L. Veiga - 28,0mm


MAIORES ÍNDICES REGISTRADOS PELAS ESTAÇÕES METEOROLÓGICAS AUTOMÁTICAS DO CGE DA PREFEITURA DE SP, ATÉ ÀS 15H30:


Butantã - 53,4mm

Vila Prudente - 27,0mm

Estação Meteorológica Marsilac - 25,8mm

Lapa  - 22,2mm

Vila Maria - Vila Guilherme - 21,8mm


Rajadas de vento:


Estação meteorológica automática da Sé, Centro às 14h00 - 37,2 km/h

Estação meteorológica automática do M Boi Mirim, Zona Sul, às 13h10 - 41,3km/h

Estação meteorológica automática de Santana/Tucuruvi, Zona Norte ás 13h50 - 30km/h


Medidas simples podem amenizar os efeitos dos alagamentos:


- Evite transitar em ruas alagadas


- Se a chuva causou inundações, não se aventure a enfrentar correntezas.


- Fique em lugar seguro. Se precisar, peça ajuda;


- Mantenha-se longe da rede elétrica e não pare debaixo de árvores. Abrigue-se em casas e prédios;


- Planeje suas viagens, para que haja menor possibilidade de enfrentar engarrafamentos causados por ruas bloqueadas;


- Em caso de dúvida sobre vias bloqueadas, ligue para a central de atendimento da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) através do número 156 ou entre no site da CET para saber como está o trânsito nas principais vias.


TENDÊNCIA PARA OS PRÓXIMOS DIAS:


As simulações atmosféricas mais recentes seguem indicando a atuação do sistema de baixa pressão atmosférica sobre o Sudeste com seu centro mais atuante sobre o estado de São Paulo. Nessas condições, são esperados volumes expressivos de precipitação sobre a Capital e cidades da RMSP, bem como na faixa litorânea do estado paulista. Indicam também quer as chuvas se prolongam para a primeira semana de dezembro com elevação gradual das temperaturas.


Na quarta-feira (30), chuviscos ocasionais na madruga, principalmente nos bairros mais extremos da Zona Sul e termômetros em média na casa dos 17°C. Sol e variação de nuvens no período da manhã, com o retorno das pancadas de chuva entre o meio da tarde e o início da noite, com elevado potencial para a formação de alagamentos intransitáveis, transbordamentos de rio e córregos e escorregamentos de encostas em áreas de risco, por conta das chuvas registradas nos últimos dias. Temperatura máxima prevista de 26°C e percentuais mínimos de umidade do ar acima dos 50%.


Na quinta-feira (01) o cenário atmosférico segue indicando condições de tempo instável no decorrer do primeiro dia de dezembro. A madrugada deve registrar termômetros na faixa dos 18°C e sol entre nuvens no período da manhã. A chuva mais forte retorna a partir da tarde e se mantém até o início da noite, diminuindo de intensidade. A possibilidade de alagamentos, transbordamentos e deslizamentos de terra em áreas de risco segue bastante elevada em função da continuidade das precipitações.



Tarde chuvosa em São Paulo e estado de atenção desde 13h26

29/11/22 15:04 - Terça-feira

A chuva prevista chegou no horário marcado. Nas primeiras horas desta tarde de terça-feira (29) a cidade de São Paulo já se encontrava em estado de atenção para alagamento, decretado para toda a Capital a partir das 13h26. A chuva é forte se espalhou para várias regiões, inclusive com potencial para queda de granizo nas cidades de Barueri, Carapicuíba, Osasco e Santana do Parnaíba. Hoje a temperatura máxima chegou aos 26°C e taxas mínimas de umidade do ar em torno dos 50%. Nas próximas horas estão mantidas as condições de tempo instável com chuva forte tanto na Capital como em cidades da Grande São Paulo.

O banco de dados meteorológicos do CGE da Prefeitura de São Paulo indica que o acumulado médio de chuva de novembro de 2022 na cidade de São Paulo até o momento é de 131,3mm, o que representa 97,3% dos 134,9mm esperados para o mês.

TENDÊNCIA PARA OS PRÓXIMOS DIAS:

As simulações atmosféricas mais recentes seguem indicando a atuação do sistema de baixa pressão atmosférica sobre o Sudeste com seu centro mais atuante sobre o estado de São Paulo. Nessas condições, são esperados volumes expressivos de precipitação sobre a Capital e cidades da RMSP, bem como na faixa litorânea do estado paulista. Indicam também quer as chuvas se prolongam para a primeira semana de dezembro com elevação gradual das temperaturas.

Na quarta-feira (30), chuviscos ocasionais na madruga, principalmente nos bairros mais extremos da Zona Sul e termômetros em média na casa dos 17°C. Sol e variação de nuvens no período da manhã, com o retorno das pancadas de chuva entre o meio da tarde e o início da noite, com elevado potencial para a formação de alagamentos intransitáveis, transbordamentos de rio e córregos e escorregamentos de encostas em áreas de risco, por conta das chuvas registradas nos últimos dias. Temperatura máxima prevista de 26°C e percentuais mínimos de umidade do ar acima dos 50%.

Na quinta-feira (01) o cenário atmosférico segue indicando condições de tempo instável no decorrer do primeiro dia de dezembro. A madrugada deve registrar termômetros na faixa dos 18°C e sol entre nuvens no período da manhã. A chuva mais forte retorna a partir da tarde e se mantém até o início da noite, diminuindo de intensidade. A possibilidade de alagamentos, transbordamentos e deslizamentos de terra em áreas de risco segue bastante elevada em função da continuidade das precipitações.


Cidade permanece em estado de atenção para alagamentos desde às 13h26

29/11/22 14:45 - Terça-feira

Permanecem em estado de atenção para alagamentos:


Zona Leste, desde às 13h26

Zona Norte, desde às 13h26

Zona Oeste, desde às 13h26

Zona Sudeste, desde às 13h26

Zona Sul, desde às 13h26

Centro, desde às 13h26

Marginal Tietê, desde às 13h26

Marginal Pinheiros, desde às 13h26


Área de instabilidade vindas do interior, continuam atuando na capital paulista. Imagens do radar meteorológico do CGE da Prefeitura de São Paulo mostram chuvas com moderada e forte intensidade na Zona Oeste. No Centro chove moderado. Na Zona Leste não chove. Na Zona Norte chove de forma leve. 


Há potencial para formação de alagamentos, transbordamentos e rajadas de vento. As próximas horas seguem com as chuvas se espalhando pela cidade com até forte intensidade.


Medidas simples podem amenizar os efeitos dos alagamentos:


- Evite transitar em ruas alagadas


- Se a chuva causou inundações, não se aventure a enfrentar correntezas.


- Fique em lugar seguro. Se precisar, peça ajuda;


- Mantenha-se longe da rede elétrica e não pare debaixo de árvores. Abrigue-se em casas e prédios;


- Planeje suas viagens, para que haja menor possibilidade de enfrentar engarrafamentos causados por ruas bloqueadas;


- Em caso de dúvida sobre vias bloqueadas, ligue para a central de atendimento da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) através do número 156 ou entre no site da CET para saber como está o trânsito nas principais vias.


TENDÊNCIA PARA OS PRÓXIMOS DIAS:


As simulações atmosféricas mais recentes seguem indicando a atuação do sistema de baixa pressão atmosférica sobre o Sudeste com seu centro mais atuante sobre o estado de São Paulo. Nessas condições, são esperados volumes expressivos de precipitação sobre a Capital e cidades da RMSP, bem como na faixa litorânea do estado paulista. Indicam também quer as chuvas se prolongam para a primeira semana de dezembro com elevação gradual das temperaturas.


Na quarta-feira (30), chuviscos ocasionais na madruga, principalmente nos bairros mais extremos da Zona Sul e termômetros em média na casa dos 17°C. Sol e variação de nuvens no período da manhã, com o retorno das pancadas de chuva entre o meio da tarde e o início da noite, com elevado potencial para a formação de alagamentos intransitáveis, transbordamentos de rio e córregos e escorregamentos de encostas em áreas de risco, por conta das chuvas registradas nos últimos dias. Temperatura máxima prevista de 26°C e percentuais mínimos de umidade do ar acima dos 50%.


Na quinta-feira (01) o cenário atmosférico segue indicando condições de tempo instável no decorrer do primeiro dia de dezembro. A madrugada deve registrar termômetros na faixa dos 18°C e sol entre nuvens no período da manhã. A chuva mais forte retorna a partir da tarde e se mantém até o início da noite, diminuindo de intensidade. A possibilidade de alagamentos, transbordamentos e deslizamentos de terra em áreas de risco segue bastante elevada em função da continuidade das precipitações.


Estado de atenção para alagamentos em toda a cidade, às 13h26

29/11/22 13:29 - Terça-feira

Estado de atenção para alagamentos:


Zona Leste, às 13h26

Zona Norte, às 13h26

Zona Oeste, às 13h26

Zona Sudeste, às 13h26

Zona Sul, às 13h26

Centro, às 13h26

Marginal Tietê, às 13h26

Marginal Pinheiros, às 13h26


Área de instabilidade vindas do interior, começam a atuar na capital paulista. Imagens do radar meteorológico do CGE da Prefeitura de São Paulo mostram chuvas com moderada intensidade na Zona Leste, nas subprefeitura de Itaquera e Vila Prudente. Nos municípios de São Bernardo do Campo, Mauá, Franco da Rocha e Mairiporã chove forte, enquanto em Guarulhos a chuva é fraca.


Essas chuvas têm potencial para formação de alagamentos, transbordamentos e rajadas de vento. As próximas horas seguem com as chuvas se espalhando pela cidade com até forte intensidade.


Medidas simples podem amenizar os efeitos dos alagamentos:


- Evite transitar em ruas alagadas


- Se a chuva causou inundações, não se aventure a enfrentar correntezas.


- Fique em lugar seguro. Se precisar, peça ajuda;


- Mantenha-se longe da rede elétrica e não pare debaixo de árvores. Abrigue-se em casas e prédios;


- Planeje suas viagens, para que haja menor possibilidade de enfrentar engarrafamentos causados por ruas bloqueadas;


- Em caso de dúvida sobre vias bloqueadas, ligue para a central de atendimento da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) através do número 156 ou entre no site da CET para saber como está o trânsito nas principais vias.


TENDÊNCIA PARA OS PRÓXIMOS DIAS:


As simulações atmosféricas mais recentes seguem indicando a atuação do sistema de baixa pressão atmosférica sobre o Sudeste com seu centro mais atuante sobre o estado de São Paulo. Nessas condições, são esperados volumes expressivos de precipitação sobre a Capital e cidades da RMSP, bem como na faixa litorânea do estado paulista. Indicam também quer as chuvas se prolongam para a primeira semana de dezembro com elevação gradual das temperaturas.


Na quarta-feira (30), chuviscos ocasionais na madruga, principalmente nos bairros mais extremos da Zona Sul e termômetros em média na casa dos 17°C. Sol e variação de nuvens no período da manhã, com o retorno das pancadas de chuva entre o meio da tarde e o início da noite, com elevado potencial para a formação de alagamentos intransitáveis, transbordamentos de rio e córregos e escorregamentos de encostas em áreas de risco, por conta das chuvas registradas nos últimos dias. Temperatura máxima prevista de 26°C e percentuais mínimos de umidade do ar acima dos 50%.


Na quinta-feira (01) o cenário atmosférico segue indicando condições de tempo instável no decorrer do primeiro dia de dezembro. A madrugada deve registrar termômetros na faixa dos 18°C e sol entre nuvens no período da manhã. A chuva mais forte retorna a partir da tarde e se mantém até o início da noite, diminuindo de intensidade. A possibilidade de alagamentos, transbordamentos e deslizamentos de terra em áreas de risco segue bastante elevada em função da continuidade das precipitações.


Manhã de terça-feira (29) termina com céu nublado e chuvas isoladas e fracas na cidade

29/11/22 11:59 - Terça-feira

Manhã de terça-feira (29) termina com céu nublado e temperaturas em elevação na cidade. Conforme as estações meteorológicas automáticas do CGE da Prefeitura de São Paulo, os termômetros marcam 25°C em média. A máxima pode chegar aos 25°C. A umidade relativa do ar oscila em torno dos 60%.


Imagens do radar meteorológico do CGE da Prefeitura de São Paulo indicam chuva isolada e leve no extremo sul em Engenheiro Marsilac. A condição é de chuva moderada a forte com elevado potencial para a formação de alagamentos e transbordamentos de rios e córregos da Capital e RMSP já no começo desta tarde. No início da noite a chuva diminui de intensidade e o dia deve terminar com chuva fraca e chuviscos. 


O banco de dados meteorológicos do CGE da Prefeitura de São Paulo indica que o acumulado médio de chuva de novembro de 2022 na cidade de São Paulo até o momento é de 131,3mm, o que representa 97,3% dos 134,9mm esperados para o mês.


TENDÊNCIA PARA OS PRÓXIMOS DIAS:


As simulações atmosféricas mais recentes seguem indicando a atuação do sistema de baixa pressão atmosférica sobre o Sudeste com seu centro mais atuante sobre o estado de São Paulo. Nessas condições, são esperados volumes expressivos de precipitação sobre a Capital e cidades da RMSP, bem como na faixa litorânea do estado paulista. Indicam também quer as chuvas se prolongam para a primeira semana de dezembro com elevação gradual das temperaturas.


Na quarta-feira (30), chuviscos ocasionais na madruga, principalmente nos bairros mais extremos da Zona Sul e termômetros em média na casa dos 17°C. Sol e variação de nuvens no período da manhã, com o retorno das pancadas de chuva entre o meio da tarde e o início da noite, com elevado potencial para a formação de alagamentos intransitáveis, transbordamentos de rio e córregos e escorregamentos de encostas em áreas de risco, por conta das chuvas registradas nos últimos dias. Temperatura máxima prevista de 26°C e percentuais mínimos de umidade do ar acima dos 50%.


Na quinta-feira (01) o cenário atmosférico segue indicando condições de tempo instável no decorrer do primeiro dia de dezembro. A madrugada deve registrar termômetros na faixa dos 18°C e sol entre nuvens no período da manhã. A chuva mais forte retorna a partir da tarde e se mantém até o início da noite, diminuindo de intensidade. A possibilidade de alagamentos, transbordamentos e deslizamentos de terra em áreas de risco segue bastante elevada em função da continuidade das precipitações.


Sol entre nuvens na manhã desta terça-feira (29) e previsão de chuva no decorrer do dia

29/11/22 08:59 - Terça-feira

A Capital paulista amanheceu com céu nublado e temperatura média na casa dos 17,2°C durante a madrugada, de acordo com os dados fornecidos pelas estações meteorológicas automáticas da Prefeitura de São Paulo. No decorrer da manhã desta terça-feira (29), sol entre nuvens e probabilidade de pancadas isoladas de chuva. A partir do início da tarde a condição é de chuva moderada a forte com elevado potencial para a formação de alagamentos e transbordamentos de rios e córregos da Capital e RMSP. No início da noite a chuva diminui de intensidade e o dia deve terminar com chuva fraca e chuviscos. A temperatura máxima atinge valores próximos dos 25°C, com as taxas mínimas de umidade do ar acima dos 60%.

O banco de dados meteorológicos do CGE da Prefeitura de São Paulo indica que o acumulado médio de chuva de novembro de 2022 na cidade de São Paulo até o momento é de 131,3mm, o que representa 97,3% dos 134,9mm esperados para o mês.

TENDÊNCIA PARA OS PRÓXIMOS DIAS:

As simulações atmosféricas mais recentes seguem indicando a atuação do sistema de baixa pressão atmosférica sobre o Sudeste com seu centro mais atuante sobre o estado de São Paulo. Nessas condições, são esperados volumes expressivos de precipitação sobre a Capital e cidades da RMSP, bem como na faixa litorânea do estado paulista. Indicam também quer as chuvas se prolongam para a primeira semana de dezembro com elevação gradual das temperaturas.

Na quarta-feira (30), chuviscos ocasionais na madruga, principalmente nos bairros mais extremos da Zona Sul e termômetros em média na casa dos 17°C. Sol e variação de nuvens no período da manhã, com o retorno das pancadas de chuva entre o meio da tarde e o início da noite, com elevado potencial para a formação de alagamentos intransitáveis, transbordamentos de rio e córregos e escorregamentos de encostas em áreas de risco, por conta das chuvas registradas nos últimos dias. Temperatura máxima prevista de 26°C e percentuais mínimos de umidade do ar acima dos 50%.

Na quinta-feira (01) o cenário atmosférico segue indicando condições de tempo instável no decorrer do primeiro dia de dezembro. A madrugada deve registrar termômetros na faixa dos 18°C e sol entre nuvens no período da manhã. A chuva mais forte retorna a partir da tarde e se mantém até o início da noite, diminuindo de intensidade. A possibilidade de alagamentos, transbordamentos e deslizamentos de terra em áreas de risco segue bastante elevada em função da continuidade das precipitações.