Notícias

Temperaturas em rápida elevação e baixa umidade do ar no período da tarde

17/09/19 09:10 - Terça-feira

A terça-feira (17) começou com poucas nuvens e predomínio de sol desde o amanhecer. A madrugada registrou termômetros na casa dos 19°C, bem acima da média histórica para setembro, que é de 15,1°C. Hoje será mais um dia com expectativa de temperatura máxima de 35°C e índices de umidade do ar abaixo dos 30% na maioria dos bairros da Capital paulista. Não há previsão de chuvas para a Capital e Grande São Paulo, apenas aumento de nebulosidade no período da noite.

Essa condição de tempo seco, com falta de chuva e baixos níveis de umidade prejudicam sensivelmente a qualidade do ar. A dispersão dos poluentes fica prejudicada e há um aumento do potencial para a formação de queimadas e incêndios florestais. Em relação à saúde, há um aumento significativo de complicações alérgicas e respiratórias, ressecamento da pele e irritação nos olhos. Nessa época do ano a preocupação maior é com crianças e idosos, que devem ingerir bastante líquido e se protegerem do sol forte.

TENDÊNCIA PARA OS PRÓXIMOS DIAS:

Uma massa de ar quente e seca permanece atuando sobre boa parte do Sudeste e Centro-Oeste do país, inibindo a livre passagem das frentes frias e a formação de nuvens carregadas que provocam chuva.

A quarta-feira (18) deve começar com céu nublado e termômetros em torno dos 18°C. O sol volta a predominar entre poucas nuvens a partir do final da manhã, proporcionando a elevação das temperaturas até os 34°C. Os índices de umidade do ar seguem baixos, principalmente entre 11h e 14h, com expectativa de valores abaixo dos 30%. Mais uma vez o dia termina sem previsão de chuvas.

Na quinta-feira (19) o padrão atmosférico segue inalterado. A madrugada terá temperaturas amenas, na casa dos 17°C e o amanhecer será com predomínio de sol entre poucas nuvens, o que favorece significativamente a expansão das temperaturas, que chegam aos 34°C nas horas de maior aquecimento. As taxas de umidade do ar se mantêm baixas, com valores abaixo dos 30% e não há previsão de chuvas.