Sala de Imprensa

Capital paulista registra a menor mínima do ano

19/04/2024 12:09 - Sexta-feira

De acordo com os dados do Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas - CGE da Prefeitura de São Paulo, órgão ligado à Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras (SIURB), a madrugada desta sexta-feira (19) registrou as menores temperaturas média e absoluta na cidade.

Foram 13,3°C de média na cidade, de acordo com as estações meteorológicas automáticas do CGE da Prefeitura de São Paulo. Anteriormente, as madrugadas mais frias foram as de 24 e 26 de janeiro, com a média da mínima de 15,5°C.

A mínima absoluta, ou seja, aquele valor aferido em um único local, também foi a mais baixa do ano, com 8,4°C, na estação de Engenheiro Marsilac, região de Parelheiros, no extremo da Zona Sul. A anterior ocorreu no mesmo local, com 12,2°C na madrugada de 01/04/2024.

“Com a chegada do outono, que têm como principal característica a diminuição das chuvas, as temperaturas começam a cair com a chegada das primeiras ondas de frio mais significativas do ano na capital paulista. Nessa época, é comum que recordes de temperatura mínima e até máxima ocorram com maior frequência”, explica o meteorologista do CGE da Prefeitura de São Paulo, Thomaz Garcia.

Com base nas informações do CGE da Prefeitura de São Paulo, a Defesa Civil Municipal (COMDEC) decretou estado de atenção para baixas temperaturas em toda a cidade a partir das 07h00 da última quinta-feira (18).

O CGE da Prefeitura de São Paulo mantém dados de temperatura na capital paulista desde 2004, e de acordo com essas informações, os recordes são:

3,2°C de média na cidade em 30/07/2021

-3°C como a menor mínima absoluta, aquela registrada em um único local, em 30/07/2021, na estação meteorológica automática de Parelheiros, Zona Sul.

Já os recordes de temperatura mínima ocorridos apenas durante o mês de abril, desde 2004 de acordo com informações do CGE da Prefeitura de São Paulo, são:

9,9°C de média na cidade em 27/04/2004

7,2°C como a menor mínima absoluta, aquela registrada em um único local, em 27/04/2004, na estação meteorológica automática de Perus, Zona Norte.

“O ar seco vai garantir uma jornada ensolarada na Grande São Paulo. Com isso, a máxima alcança os 22°C nesta sexta-feira (19), e os menores índices de umidade se aproximam dos 50%. No fim da tarde, a temperatura apresenta rápido declínio, a quantidade de nuvens aumenta, mas não há previsão de chuva”, explica Thomaz Garcia, meteorologista do CGE da Prefeitura de São Paulo. 

O sábado (20) será ensolarado e com termômetros em ascensão. Mínima de 14°C ao amanhecer e máxima de 25°C à tarde. Os menores percentuais de umidade se aproximam dos 40%.

O domingo (21) começa com possibilidade de formação de névoa úmida e nevoeiro. Ainda pela manhã, o sol passa a predominar, o que vai facilitar a ligeira elevação da temperatura. Faz calor à tarde. Os termômetros oscilam entre 16°C na madrugada e 28°C no meio da tarde.

 

Com relação às chuvas, os dados do CGE da Prefeitura de São Paulo mostram que abril acumulou até o momento 23,9mm, o equivalente a 37,4% dos 63,9mm esperados para o mês. “A tendência é de que abril termine com índice pluviométrico abaixo da média, já que o mês têm transcorrido com a presença do ar seco”, finaliza Thomaz Garcia, meteorologista do CGE da Prefeitura de São Paulo. 

 

 

Junho de 2024


D S T Q Q S S
26 27 28 29 30 31 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30

Maio de 2024


D S T Q Q S S
28 29 30 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31

Abril de 2024


D S T Q Q S S
31 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30