Sala de Imprensa

Abril de 2024 termina como o quarto menos chuvoso da série histórica

02/05/2024 15:01 - Quinta-feira

De acordo com os dados do Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas - CGE da Prefeitura de São Paulo, órgão ligado à Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras (SIURB), o mês de abril termina como o quatro menos chuvoso da série histórica, com dados pluviométricos desde 1995.

Foram 24,0mm de média na cidade, o que reflete 37,6% dos 63,9mm esperados para a o mês de abril. Portanto, um desvio negativo de 62,4%. Foram 11 dias com índice pluviométrico, exatamente a quantidade de dias esperados com chuva no mês de abril. O dia 17/04/2024 foi o mais chuvoso com 10,2mm de média na cidade.

O ano que registrou a maior sequência de dias com chuva na cidade, em um mês de abril, foi o de 2019 com 18 dias. Já o ano com menor número de dias com índice pluviométrico ocorreu em 2006 com três dias.

“Mesmo com a desaceleração gradativa do fenômeno global EL Niño, a chuva registrada em abril foi mal distribuída, o que resultou num volume médio muito abaixo do esperado para o mês. Essa condição meteorológica, também esteve ligada a bloqueios atmosféricos, que numa linguagem mais simples, são chamados de massas de ar quente e seco", explica o Técnico em Meteorologia do CGE da Prefeitura de São Paulo, Nazário.

Nas regiões da cidade, os índices foram:

Zona Sul: 33,3mm

Zona Leste: 24,4mm

Centro: 22,1mm

Zona Oeste: 17,5mm

Zona Norte: 14,4mm

As subprefeituras com os maiores índices de chuva foram:

Parelheiros, Zona Sul: 84,9mm - A média esperada para esta sub, em abril é de 90,8mm;

Capela do Socorro, Zona Sul: 51,1mm – A média esperada para esta sub, em abril é de 65,6mm;

Ermelino Matarazzo, Zona Leste: 36,8mm - A média esperada para esta sub, em abril é de 66,5mm;

Penha, Zona Leste: 36,1mm - A média esperada para esta sub, em abril é de 67,2mm;

Cidade Ademar, Zona Sul: 34,4mm - A média esperada para esta sub, em abril é de 57,8mm;

As subprefeituras que registraram os menores volumes foram:

Vila Maria/Guilherme, Zona Norte: 14,7mm - A média esperada para esta sub, em abril é de 55,1mm;

Santana/Tucuruvi, Zona Norte: 12,7mm - A média esperada para esta sub, em abril é de 60,3mm;

Casa Verde, Zona Norte: 10,8mm - A média esperada para esta sub, em abril é de 60,5mm;

Freguesia do Ò, Zona Norte: 10,3mm - A média esperada para esta sub, em abril é de 63,7mm;

Perus, Zona Norte: 10,5mm - A média esperada para esta sub, em abril é de 56,7mm;

O CGE da Prefeitura de São Paulo mantém informações de índices de chuva desde 1995 e de acordo com esses dados, os anos de abril mais chuvosos foram:

2012: 145,3mm

2004: 127,3mm

2019: 127,3mm

2017: 119,4mm

2010: 106,4mm

Já os anos em que o mês de abril acumulou os menores índices de chuva foram:

2016: 3,2mm

2000: 3,5mm

2020: 5,6mm

2024: 24,0mm

2018: 31,1mm

Os recordes de chuva já ocorridos no mês de abril, desde 1995 são:

Dia mais chuvoso: 06/04/2017 com 53,4mm de média na cidade;

Ano mais chuvoso: 2012 com 145,3mm de média na cidade;

Ano com o menor índice de chuva: 2016 com 3,2mm de média na cidade;

Ano com o maior número de dias com chuva: 2021 com 20 dias com índice pluviométrico na cidade;

Subprefeitura com o maior índice de chuva em um único dia: Santo Amaro, Zona Sul, com 117,6mm em 14/04/1999;

Subprefeitura com o maior acumulado no mês: Lapa, Zona Oeste, com 259,7mm em 2012;

Ano com o menor número de dias com acumulado de chuva: 2000 com 03 dias;

Com relação às temperaturas, a média da mínima esperada era de 17,2°C na cidade e a média da máxima de 26,2°C. Abril de 2024 registrou mínima média de 18,4°C e máxima média de 28,5C.

 

"A exemplo do mês de março, que registrou chuva abaixo da média, abril também foi marcado por bloqueio atmosférico, que resultou em dias seguidos com temperaturas bem acima da média para o mês. Sistemas meteorológicos que passaram ao largo do litoral paulista e que produzem chuva não conseguiram alterar significativamente os índices pluviométricos. Mesmo com a maioria dos dias de chuva e chuviscos ocorrendo praticamente dentro da primeira quinzena, o mês reservou dias quentes com umidade elevada e sensação de tempo abafado", comenta Nazário.

Médias de temperaturas ocorridas na cidade em abril de 2024, conforme o monitoramento do CGE da Prefeitura de São Paulo:

A menor mínima média na cidade em 29/04/2024 com 13,3°C;

A maior mínima média na cidade, dia 16/04/2024 com 20,6°C;

A maior máxima média na cidade, em 04/04/2024 com 32,6°C;

A menor máxima média na cidade, em 18/04/2024 com 18,9°C;

Temperaturas absolutas, aquelas registradas em um único local, de acordo com o monitoramento do CGE da Prefeitura de São Paulo, em abril de 2024:

A menor mínima absoluta, dia 19/04/2024 em Engenheiro Marsilac, Zona Sul, com 8,4°C;

A maior mínima absoluta, dia 28/04/2024 em Santo Amaro, Zona Sul, com 21,7°C;

A maior máxima absoluta, dia 04/04/2024 na Freguesia do Ò, Zona Leste, com 34,4°C;

A menor máxima absoluta, dia 18/04/2024 em Capela do Socorro (subprefeitura de Parelheiros) e Cidade Ademar Engenheiro Marsilac, Zona Sul, com 17,8°C;

 

O CGE da Prefeitura de São Paulo mantém informações de temperatura na capital paulista desde 2004, e de acordo com esse histórico, os recordes já registrados em um mês de abril foram:

Mínimas:

Menor mínima média na cidade: 9,9°C em 27/04/2004;

Maior mínima média na cidade: 21,9°C em 13/04/2005;

Menor mínima absoluta, aquela registrada em um único local: 7,2°C dia 27/04/2004 em Perus, Zona Norte;

Maior mínima absoluta, aquela registrada em um único local: 24°C dia 24/04/2005 em Vila Prudente, Zona Leste;

Máximas:

Menor máxima média na cidade: 16,2°C em 28/04/2017;

Maior máxima média na cidade: 34,1°C em 08/04/2005;

Menor máxima absoluta, aquela registrada em um único local: 15°C em Jabaquara, Zona Sudeste, dias 29/04/2016 e 28/04/2017;

Maior máxima absoluta, aquela registrada em um único local: 37,6°C em Parelheiros, Zona Sul, dia 08/04/2005;

Abril transcorreu sob influência do fenômeno El Niño com forte intensidade, que tem como característica o aumento das temperaturas superficiais das águas do Pacífico Equatorial. “O mês transcorreu dentro da estação outono, onde normalmente são esperados uma redução do volume de chuva, temperaturas mais baixas, eventos localizados de nevoeiro, principalmente ao amanhecer e as primeiras ondas de frio. Entretanto, essa condição meteorológica não pôde ser observada em decorrência da atuação de bloqueios atmosféricos que impediram principalmente a livre passagem de sistemas frontais pela costa paulista, fato que contribui para a diminuição das temperaturas”, explica Nazário. "De acordo com as simulações atmosféricas mais recentes, maio deste ano deve ter um comportamento atípico, ou seja, com temperaturas bem acima da média dentro da primeira quinzena, complementa o técnico da Prefeitura de São Paulo".

Sobre os recordes de temperaturas ocorridos no ano de 2024 até agora, o CGE da Prefeitura de São Paulo registrou:

Médias na cidade:

Menor mínima média na cidade: 13,3°C dias 19/04/2024;

Maior mínima média na cidade: 22,9°C dia 16/01/2024;

Maior máxima média na cidade: 34,4°C 17/03/2024;

A menor máxima média na cidade: 21°C em 27/03/2024;

Absolutas, aquelas registradas em um único local:

A menor mínima absoluta em Parelheiros, Zona Sul: 8,4°C dia 19/04/2024;

A maior mínima absoluta em Santo Amaro, Zona Sul: 25°C dia 16/03/2024;

Maior máxima absoluta em Vila Maria e na Mooca, Zonas Norte e Leste: 36,4°C dia 09/01/2024;

Menor máxima absoluta em Engenheiro Marsilac, Zona Sul: 17,5°C dia 23/03/2024;

Recordes de chuva em 2024:

Dia mais chuvoso do ano ocorreu em 12/01/2024 com 56,5mm;

Subprefeitura com o maior acumulado, Jabaquara, Zona Sudeste: 376,9mm no mês de janeiro; 

Região com o maior acumulado, Centro, com 336,4mm no mês de janeiro; 

Para maio são esperados 55,3mm de média de chuva na cidade. O maio mais chuvoso desde 1995 foi o do ano de 2005 com 151,8mm. Com relação às temperaturas, a média da mínima esperada é de 14,5°C e a média da máxima é de 23,4°C. “Os modelos numéricos de previsão estendida indicam que maio deve transcorrer com um El Niño perdendo força, portanto esperam-se chuvas dentro da média e temperaturas acima do esperado”, finaliza o técnico em meteorologia do CGE da Prefeitura de São Paulo, Adilson Nazario.

Junho de 2024


D S T Q Q S S
26 27 28 29 30 31 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30

Maio de 2024


D S T Q Q S S
28 29 30 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31

Abril de 2024


D S T Q Q S S
31 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30